Debate sobre cura gay tem polícia e "ex-homofóbica". Veja íntegra



O programa Casos de Família, do SBT, vira conversa de freiras perto da alta temperatura do debate feito na Câmara dos Deputados, na terça-feira 27, sobre projeto de lei que pode liberar psicólogos a fazer conversão de homossexuais em héteros.

A primeira fala condenou a iniciativa. “O Conselho Federal de Psicologia é quem tem poder de regulamentar o exercício da profissão de psicólogo. E não o Congresso Nacional”, protestou o presidente da instituição, Humberto Cota Verona.



“Se gay se transformar em doença, quero aposentadoria compulsória”, brincou o presidente da ABGLT, Toni Reis, mostrando o absurdo da questão pretendida pelos deputados homofóbicos que patrocinam o projeto de lei.

E ainda teve uma pretensa (bem pretensa) ex-homofóbica. A psicóloga Marisa Lobo, que, depois de ser conhecida no Brasil por fazer uma cruzada a favor de conversão de gays, declarou, letra por letra, no debate, que “não existe ex-gay” e que ela nunca disse isso (!). Na verdade, de acordo com ela, o que há são pessoas que pensam ser gays, mas que nunca o foram na verdade (alguém aqui precisa de uma orientação psicológica… E não é um homossexual)!

E teve até tumulto envolvendo a polícia parlamentar. Um ativista gay escreveu o nome do pastor Silas Malafaia (presente no debate) e desenhou uma suástica nazista do lado. O presidente da sessão, o deputado federal Luiz Henrique Mandetta, entendeu que o ato foi uma grande ofensa.



A polícia do local foi chamada para prender o ativista. Então, outros militantes da causa LGBT e deputado federal Jean Wyllys (Psol-RJ) o cercaram impedindo a prisão. Para assegurar a liberdade do manifestante, o grupo teve de levá-lo até a porta de saída da Câmara dos Deputados!

Não foi definida data para votação do projeto na comissão.

Fonte: Parou Tudo

E vocês pensando que briga de travestchi na porta da boate é que era bapho?
Pelo visto a Câmara dos Deputados conseguiu tombar todos os nossos conceitos.
Aqui em baixo tem um vídeo mágico com o seguinte título: Jean Wyllys e Silas Malafaia se enfrentam ao vivo em Audiência Pública ~ ou seja, confusão


E pra quem quiser conferir o fuá de terça-feira: o vídeo de mais de 30 minutos com o discurso do Pastor Silas Malafaia.

Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.