'Ser gay não é bom para ninguém', diz Conte Lopes, vereador paulista


Vereador eleito com quase 32 mil votos nas últimas eleições em São Paulo, Conte Lopes (PTB) não disfarçou sua homofobia em entrevista à “TV Estadão” na terça-feira, 16.

Perguntado sobre o que pensa do chamado ‘kit gay’ (vetado pela presidente Dilma Vana Rousseff), o futuro parlamentar afirmou ser contra ‘colocar crianças que ainda não têm uma formação sexual em contato com certas coisas’, pois isso os ‘incentivaria’ (a ser homossexuais).

Lopes continua e diz que ‘ser gay não é bom pra ninguém’ e que nunca viu um gay feliz. E depois elenca os ‘problemas’ que deixam os gays infelizes, parecendo confundir os gays com a decepção que acredita que os pais têm: “Qualquer cidadão quer ter um filho, se for homem, jogando bola, se for mulher, brincando de boneca”.

O vereador ainda diz que a homossexualidade não é natural nem normal e que os psicólogos “deveriam analisar isso aí”.

Bom, homossexualidade não é considerada doença desde 1990 pela Organização Mundial de Saúde (OMS), mas ignorância, essa aí tem definição perpétua! E, agora, um novo representante!

CtrlC + CtrlV Parou Tudo

Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.