Valesca Popozuda Lança Música Para o Público Gay


Valescão Cooh.de.nos.Todos mais uma vez xocando a sociedade cristã brasileira.
Depois de recrutar dançarinas transexuais, e fazer um show boca de confusão aqui em Fortlandcity, a gatuxinha resolveu se juntar com o David Brasil e mais três compositores - sim, meu amô, existem pessoas que ganham dinheiro compondo funk - para escrever uma música toda dedicada as bilús.

O single deve ser lançado neste domingo, durante a Parada Gay de SP, onde a gata vai subir no trio e emocionar a todos com essa letra poética - só que ao contrario.


Vem meu bem não tem ninguém
Apaga a luz relaxa e vem
Suei, beijei, gostei, gozei
Sou Bi, sou free, Sou tri sou gay
Cheguei na Boate e ao som do bate cabelo eu vi
Não sei o que senti
Mona aguenda o que vi
Senti um calor e na pista desci ao som do dJ me liberei
Te olhei e percebi, que aqui posso ser
Free Dança comigo, sente meu som
Dança comigo, e sente o que é bom 
No bate cabelo na pista senti
Seus lábios aos meus senti que sou free
 Beijei uma mulher (risadas)
Um gosto bom eu senti
Eu posso ser livre ou posso ser Bi
Vem DJ coloca o bate cabelo 
Vem DJ aqui todo mundo é free
É homem com homem arrasa as bee 
Sinbora DJ que eu quero cantar
Mulher com mulher é bom de beijar
 Se joga na pista e venha ser free
Bate cabelo comigo é assim


 COF, COF: E agora surge no Brasil, um mercado de música, voltado para as bilús. Duvidas?
Pergunta pra Lorena Simpson, Wanessa, Kelly Key e agora a Valescão?!


Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.