CQC e uma Matéria Babado Sobre: Doação de Sangue por Homossexuais

Vocês sabem que gay são proibidos por lei a doarem sangue no Brasil né?!
Oi? Não sabia bilú?
Essa já não é a primeira vez que abordamos essa portaria de lei preconceituossissíssima aqui no blog, que veta a doação de sangue por parte de homossexuais, já que o Ministério da Saúde, acredita que os gays possuem em comportamento "de risco" - minha cara de cooh nesse momento.

O programa CQC resolveu fazer algo de bom, e para isso fez uma matéria super digna abordando o tema, onde além de entrevistar gays e apresentar casos sobre o tema, eles usaram dois atores com cameras escondidas que foram até alguns centros de coleta para ver como são tratados os gays e heteros na hora da doação.
Segura o peito, e vem aqui com a gente assistir essa magia.


Se assim como eu você está revoltadíssimo com tudo isso, é melhor se controlar, porque eles conseguiram fazer a coisa piorar.
Em algumas entrevistas na rua, a galerinha do CQC questionou com algumas pessoas se elas teriam problemas em receber sangue de gays; e a maioria disse que não - pelo menos na frente das câmeras - eu disse a MAIORIA.
Para nossa surpresa, especies da nossa sociedade brasileira conseguirem romper a barreira comum da ignorância e do preconceito, e chegaram a um nível digno de protozoários.
Um tiozinho que afirmou sem medo que não receberia sangue de um gay, mesmo que estivesse a beira da morte, já que para ele "homem é homem e mulher é mulher", Oi? Macaco é macaco e vi... deixa pra lá.

Achei a matéria do CQC de super importância, e não poderia deixar de postar aqui, então, já fica aberta a discussão. Será que uma dia esse "pré-conceito" amarrado e uma portaria, vai ter fim?

Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.