Drink a base de Sêmen. Quem Quer?

E agora, o mercado de drinks e bebibas elevou aquele fuá de "beber leitchinho quentchi" a um novo nível.
Na Holanda - pra variar, porque essas putarias sempre surgem por lá - já era sucesso nas buatchis, um drink chamado “Semence de la vie”, e agora a tal moda chegou no Brasil.

 Tá, mas que diabos é esse "Semence de lá meel.cooh"? Bem, o drink consiste numa mistura de amarula, cherry brandy, gin, sêmen humano e yakul, agora deixa eu repetir e enfatizar o ingrediente mais cremoso dessa putaria: SÊMEN HUMANO!


O babadinho custa entre R$ 50 e R$ 120, e reza a lenda que o babado eleva o estado mental da pessoa quase que imediatamente - algo no nível de cantar "We Found Love" loucamente nua e mandando todo mundo do dance.floor ir se lascar.

Dizem, que o sêmen utilizado na bebida, vem de fornecedores cadastrados e com exames de saúde que atestam a plena isenção de doenças sexualmente transmissíveis, mas caso o cliente deseje, ele pode trazer a própria matéria prima - que atrevimento.
Pesquisas da ABRASEL apontam que mulheres representam que 67% do consumo deste drink. Os 33% de consumidores se dividem entre 21% de homossexuais e 12% de heterossexuais.

Agora vamos a pergunta chave: QUEM BEBERIA ESSE KARALHO?
 Beijos me liga, porque sou quenga, e ainda jogo a receita pra quem quiser fazer. Muah!

 Semence de la vie
100 ml de amarula
100 ml de cherry brandy
150 ml de gin
1 colher de chá de sêmen humano (recém colhido)
3 unidades de Yakult de 65ml
Acrescente gelo picado
Misture os ingredientes numa coqueteleira, mexa bem por 5 minutos e sirva em copo longo.

Kisses para o Dhanilo Barros que me deu a dica.
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.