Quando eu amo mais de uma pessoa: conheça o poliamor

No poliamor é possível o casal ter mais de um relacionamento amoroso


Sabe aquela coisa de conhecer alguém, amar, se apaixonar, viver com aquela pessoa pra vida inteira, e serem felizes um para o outros, os dois como um só, com total fidelidade e cumplicidade? Pois bem, esse papo todo parece que não é mais o único "correto da vez".

O fuá, é que surgiu um movimento chamado polyamory (traduzindo para português, seria algo como poliamor), que consiste no inverso da monogamia - não sabe o que é isso? joga no Google - e prega um estilo de vida onde os relacionamentos são abertos, é como opção ou modo de vida, que defende a possibilidade prática e sustentável de se estar envolvido de modo responsável em relações íntimas, profundas e eventualmente duradouras com vários parceiros simultaneamente.

Não é suruba, não é sem vergonhice, e nem fogo.no.rabo, na verdade o "poliamor" é um estilo onde um casal pode ter mais de um relacionamento amoroso - enfase no AMOROSO - o que derruba a possibilidade de ser algo apenas carnal.

O pior, melhor, tanto faz mais bacana é que isso já existe aqui no Brasil, tanto que o cineasta José Agripino fez um documentario reunindo o depoimento e alguns casais (heterossexuais) sobre esse estilo de vida.


Achei tudo isso boca de confusão, e já vejo muita gay pirainha dizendo que é adepta do estilo de vida "poliamor", mas olha, eu ainda sonho com aquele negocio de ter um marido, ser fiel e morrer ao lado dele. Mas cada um com o seu coração né? Se tem gente que consegue amar mais uma pessoa ao mesmo tempo: BEIJOS PRA ELA!
Iludido eu? Talvez!
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.