Eu Não Escolhi Ser Gay!

Sou daqueles que adora baixar de tudo, filmes, livros e revistas pela web, e minha ultima foi certa publicação gay bem conhecida dos moços.
Enquanto o arquivo baixava, fui girar, deixei o PC livre e POW, meu pai resolveu "usar" o computador. Sempre achei que ele fosse uma pessoa educada - eu sou - e jamais iria vasculhar os meus arquivos. 
Esse foi o meu erro, quando voltei lá estava ele, de olho nas páginas da revista (gay), e claro, tinha que haver algum comentário. Referindo-se a um trecho da entrevista de um ator que naquele momento interpretava um personagem homo em certa novela, meu pai destacou essa parte: "Eu achava que quem era gay escolhia ser. Não sabia que a pessoa já nasce gay. Não tinha noção desse tipo de coisa. Hoje eu tenho.".

Claro, ele não iria se conter em ler algo em uma revista gay e ficar calado, então resolveu comentar sobre esse trecho da entrevista e assim disse:  "Que revista mentirosa, todo mundo sabe que ser gay é uma escolha, uma opção, a ciência e a psicologia explicam isso".

Sim, elas palavras vieram da boca do meu pai, o mesmo cara que me deu a vida e que lembro bem, certo dia havia me dito que desde pequeno sabia que eu era "diferente". Claro, não me contive, e acabei rebatendo.

"Pai, que ciência é essa que diz que ser gay é uma escolha? A mesma ciência que diz que o mundo nasceu de um explosão cósmica - meu pai é pastor evangélico, ou seja, ele é criacionista - ? Mas pai, o senhor acha mesmo que alguém iria escolher viver assim, tendo que ficar a margem da sociedade, tendo que suportar preconceitos, e correndo o risco de ser agredido e morto por causa disso? Olha, eu sou inteligente o bastante para jamais escolher viver assim (se isso fosse realmente opção). E olha, antes que o senhor venha me dizer que a bíblia diz isso ou aquilo, eu até poderia escolher fingir ser hétero, e sei que isso muito lhe agradaria, mas olha, esse  mundo já é tão hipócrita né? Não quero entrar nesse onda de fingir se algo que não sou, só pra entrar na onda da hipocrisia e satisfazer as "convenções dessa sociedade". E eu adoraria ser hétero, ter uma namorada, casar com ela e ter filhos, as vezes até sinto que assim fosse, tanto você, quanto a minha mãe me amariam mais."

Depois desse meu pequeno discurso, meu pai apenas ficou calado!
Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.