Imbecilidades Radiofônicas

Caio Bortolan
Num programa da "Rádio Educadora" (a ironia começa por ai) em Limeira, interior de SP, certo radialista resolveu noticiar um furo de reportagem: o primeiro casamento gay da cidade.
O que deveria ser uma notícia acabou se transformando num debate cheio de homofobia, ódio e comparações esdruxulas.  O seres que realizaram tal proeza foram os radialistas Caio Bortolan e Bruno Bortolan.
Ouçam o trecho do programa abaixo:


0:55 Começam o adjetivos pejorativos, que alias, além de homofóbicos são imbecis, infantis e irracionais.

1:09 Religião? Cadê esse estado laico? Alias, acho que é querer de mais que um cara desse nível saiba o que é isso né?

1:23 E desde quando oficializar uma união perante a justiça é desrespeito? Desrespeito na minha opinião é um radialista soltar ofensas desse nível e impropérios de tal escala.

Bruno Bortolan
1:32 Um sufocamento dos heterossexuais? Sufocamento é você sair de mãos dadas com o seu namorado e correr o risco de ser morto. Sufocamento é você ser expulso de casa simplesmente porque é “diferente”, sufocamento é ligar o rádio e ouvir um “comunicador” disseminar o ódio contra você sem nem te conhecer. Isso é sufocamento.

2:25 Tubulação de esgoto? Desculpem-me, mas é perca de tempo tentar comentar o que esse cara diz; meu cachorro é bem mais inteligente do que ele. #fato

Antes que alguém toque no assunto; sou totalmente a favor da liberdade de imprensa e de opinião, mas a sua liberdade acaba onde começa a minha. Todos temos o direito de dar nossa opinião, mas quando ela fere alguém deixa automaticamente de ser "opinião" e passa a ser um ofensa. Se for para ofender; é melhor ficar calado.

Quem tá comigo nessa bate palma! PLÁ PLÁ PLÁ


Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.