Bullying; Até Quando?

Aqui no blog costumamos brincar, tirar onda e levar no bom humor muita coisa, mas infelizmente nem tudo na vida são flores, e chega um momento em que a seriedade precisa vir a tona.

O caso de hoje já tem repercutido muito na web, sobre o moço americano Jamey Rodemeyer de 14 anos, que infelizmente não suportou esse mundo cruel em que vivemos e cometeu suicido.
O garoto era vítima de bullying na escola, e tudo isso por ser "diferente".

Jamey era blogueiro e constantemente postava em seu blog sobre a dor que sentia por ser vitima de preconceito e agressões na escola, mas ninguém o dava ouvido.

No sábado, um dia antes de sua morte, Jamey publicou o trecho de duas músicas em seu Facebook, uma da banda Hollywood Undead que dizia “eu não quer viver esta vida, eu não quero tentar, eu já tentei o suficiente, eu estarei bem, pela última vez”. E outra de Lady Gaga, The Queen, no trecho que diz “Não esqueça de mim quanto eu chegar chorando no porta do paraíso”.

No domingo o jovem foi encontrado morto.

As vezes me pergunto como pode o ser humano ser tão cruel a ponto de matar alguém aos poucos, dessa forma? A ponto de fazer alguém sofrer apenas pelo fato dela não ser igual a você, ou como você acha que deveria ser.
Creio que as próximas gerações serão mais tolerantes, mais humanas e racionais, mas isso não se prende apenas a "homossexualidade". Sabemos que há pessoas que sofrem por serem negras, deficientes ou pobres, e nosso orgulho nos sufoca e faz com que vejamos isso como NADA.
Quantos outros "Jamey" há pelo mundo? As vezes temos um ao nosso redor e nem percebemos.
Quantos mais precisarão morrer por isso?
Ninguém nasce praticando bullying, ninguém nasce homofóbico, mas algo, nessa sociedade faz com que o ódio prevaleça.

Antes de morrer Jamey agradeceu a Lady Gaga através do Twitter, por ela ter ajudado ele a se aceitar como alguém diferente, e após o acontecido Gaga solicitou um encontro com o Presidente Obama, veja o que ela escreveu em seu micro.blog:

"Passei os últimos dias a refletir, a chorar e a gritar. Tenho tanta raiva. É difícil sentir amor quando a crueldade tira a vida de alguém. Jamey Rodemeyer, de 14 anos, tirou a sua vida por causa do bullying. O bullying precisa se tornar ilegal. É um crime de ódio. Vou encontrar-me com o nosso Presidente. Não irei parar de lutar. Isto precisa acabar. A nossa geração tem o poder de colocar um ponto final nisto". - Lady Gaga

Esperamos que um dia o amor vença todo esse ódio, e que todas as formas de viver e amar sejam respeitadas. Descance em paz Jamey, isso vai melhorar.

Share on Google Plus

Editor Blog Para Mocinhos

Thiago Silva - Estudante de jornalismo, 20 e poucos anos, curioso e extremamente gay além de editor e criador do Blog Para Mocinhos. Nos ouvidos um bom eletro pop e um pouco de indie rock, nos olhos um filme qualquer e uma boa companhia, e no coração alguma coisa que nem eu sei o que é ainda.