Ator pornô é preso com drogas do cooh


Qual o pior lugar para esconder drogas [se você for um traficante é claro] durante uma viagem:

a) na mala
b) na roupa
c) no corpo
d) no cooh

Então, essa pergunta já foi respondida pelo ator pornô Bruno Knight, cujo nome real é Phillip Gizzie e que foi preso quando tentou embarcar no aeroporto de Los Angeles com 226 gramas de metanfetaminas escondidas dentro do edí. Isso mesmo gays, ele estava com a droga toda dentro do cu.

O ator foi pego após denúncia do Departamento de Repressão a Entorpecentes dos EUA, e foi só acochar que ele [peidou] entregou o jogo, além do nervosismo e do fato dele e do companheiro Alister McCalister não terem malas, os dois tremiam a cada pergunta dos agentes.

Depois disso ele foi levado para uma sala reservada e conseguiu retirar dois objetos de dentro do ânus, o pior foi que o cara já não conseguia mais segurar o intestino, e foi levado para um hospital, onde o terceiro objeto foi retirado depois de uma lavagem anal.

Já sabem né gays, barbies, truqueiras traficantes e desavisadas?! Nada de colocar drogas no cooh viu? O constrangimento se senhora for pegue vai ser mais profundo do que seu reto.

Pastor evangélico diz que gays são possuídos pelo demônio do peido. Oi?


Mesmo sendo filho de pastor evangélico e tendo sido criado dentro da igreja uma coisa é certa, toda vez que ouço o evangélico abrir a boca para falar algo sobre os gays, já cruzo os braços, quebro a cintura, faço cara de abuso e me sento, porque a certeza é de que vai vir merda por aí.

Claro, há exceções, mas a massa cristã parece que perdeu os neurónios e o bom senso, vejamos o caso do Pastor aqui que andou dizendo que os gays estão possuídos pelo demônio do peido.

Via: A CAPA

O pastor norte-americano Bert Farias, fundador da igreja Holy Fire Ministries, publicou um artigo na revista Charisma em que dizia que gays eram pessoas possuídas pelo demônio do peido e que cheiram pior que porcos.

De acordo com o pastor, que mora em Nova Hampshire e que tem seis livros, quando alguém "escolhe ser gay" abre-se para "práticas demoníacas sujas".

No artigo, ele pede para que os gays não fiquem chateados, pois a intenção é ensinar a "verdade nua e crua". "A homossexualidade é um demônio cheirando tão podre que outros demônios sequer querem se pendurar nele", defende.

O pastor afirma que soube a informação de um profeta de Deus que, ao sentir as flatulências do demônio, ficou com o estômago revirado. "Jesus expulsou 2.000 demônios fora de um homem. Os demônios saíram gritando e pediu a Jesus para enviá-los aos porcos, mas os porcos não queriam eles por causa dos gazes. Então, eles se afogaram no mar".

Bert diz que os porcos tem mais sensibilidade que os humanos e que a sociedade está nos últimos estágios de decadência. "Há consequências físicas, emocionais e espirituais resultantes do comportamento homossexual. A aceitação do comportamento gay não vai melhorar nada. Errado é errado".

Ele finaliza: "A homossexualidade é tão antiga quanto o próprio diabo".

MINHA CARA DEPOIS QUE LÍ ISSO:

Jogadores de "Final Fantasy" realizaram parada gay no mundo virtual


Eu adoro essas beschas geeks, tudo bem que elas não curtem boate, bate cabelo, sauna e preferem ficar em casa na frente do PC, mas realizar uma parada gay no jogo é muito digno.

Foi isso que rolou no mundo virtual do "Final Fantasy XVI" chamado de "Eorzea". A "Pixel Pride" foi uma comemoração pela mudanças na ultima atualização do game, que agora vai permitir relações entre personagens do mesmo sexo.

Na parada gay os personagens vestiram roupas coloridas e saíram desfilando juntos pelos cenários do jogo. A organização ficou por conta da Rough Trade Gaming Community (RTGC), uma rede presente em diversos jogos on-line que se descreve como a “maior guilda LGBT do mundo”.

Segundo os organizadores infelizmente a parada não foi totalmente pacífica, já que um dos integrantes foi morto antes de chegar no evento [ai gente, isso soou tão estranho ~ risos].
Aqui abaixo tem um vídeo do babado, e ao contrário do mundo real, não teve gogo-boy quase nú e nem travesti com o peito de fora.

O que não fazer se você é um soropositivo em busca de um namorado



Texto copiado do site LADO BI e traduzido do post de Tyler Curry para o Huffington Post

Ah, como o mundo seria diferente se nós todos soubéssemos como navegar o campo de batalha traiçoeiro e trapaceiro que são os relacionamentos gays. Nós temos não apenas que encarar os mesmos dissabores e perigos que os soldados solteiros heterossexuais, mas nós também temos que enfrentar a fria realidade de uma população em que o número de pretendentes em potencial é bem mais reduzido, em que ex-namorados que acabam namorando outros ex-namorados e que tem uma expectativa irreal de como você deve ser sem camisa. Nós tentamos nos armar o melhor possível, porque não importa quantos corações partidos a gente já tenha enterrado, a batalha do amor deve prosseguir. Há no entanto uma maneira infalível de transformar toda e qualquer pretensão de romance futuro num banho de sangue, não importa quão forte a conexão entre vocês dois pareça, e ela é ser soropositivo e estar desesperado para namorar.

Uma coisa é admitir que você está aberto para encontrar o amor. Outra bem diferente é ficar se perguntando o tempo todo por que é que você está sem namorado. Antes de encontrar o homem certo com quem preparar uma comidinha e assistir junto comédias românticas num domingo de chuva, você precisa primeiro perceber que você está melhor sozinho do que aprisionado com o Príncipe Equivocado… Ou o Príncipe É O que Tem.

Claro, gays muito carentes de amor podem vir com qualquer status sorológico, mas um homem soropositivo é um tipo especial de desesperado. Esses caras muitas vezes chegam num primeiro encontro carregando a esperança de que esse parceiro em potencial será capaz de ignorar seu status positivo e dar-lhes uma oportunidade. Quando isso acontece, é como se o pretendente tivesse feito um favor para eles e instantaneamente eles sobem um ou dois estágios na escala Juju Carente. De repente surge toda uma pressão para que esse ficante se torne um namorado, sem considerar-se os interesses pessoais ou a compatibilidade.



É assim que um homem soropositivo desesperado fala:

“Por que é que eu não consigo arranjar um namorado? Todos os caras com quem eu começo a conversar no Grindr param de falar comigo quando eu revelo meu status sorológico.”

“Eu não sei o que aconteceu. Quando eu contei para ele que era soropositivo, ele parecia ok, mas depois ele nunca mais ligou.”

E até mesmo…

“Eu não gosto de revelar meu status até o terceiro ou quarto encontro. Eu quero ele consiga me conhecer antes de eu contar que eu sou positivo.”

Se o boy com quem você vai sair estivesse à busca de amor incondicional e inquestionável, ele adotaria um cachorrinho. E se você pretende armar uma arapuca para que ele nem perceba que você tem o vírus usando seu super senso de humor ou os interesses por arte contemporânea dos dois, você está apenas preparando o terreno para mais um porre de vodca com valium e sorvete. Seu status não é algo indiferente para quem se envolve com você, por mais que você deseje isso. Tratá-lo como tal demonstra insegurança, e não é nada atraente, não importa a opinião da pessoa sobre seu status.

Confronte o seu estigma interno a respeito do HIV antes do seu próximo encontro, porque o cara fodão que existe aí dentro merece mais que as desculpas do seu covarde exterior a respeito de algo que você não tem como mudar. HIV não é uma falha de caráter, é uma realidade que alguém compreende ou não. Torcer e rezar para que alguém deixe essa realidade passar batido é uma manobra desesperada, especialmente quando você sequer sabe o status do parceiro.

A verdade é que nós todos temos questões com que o nosso futuro amor vai ter que lidar quando um relacionamento em potencial começa a tomar forma. Você precisa lidar bem com as suas próprias questões antes de tentar conhecer e lidar com as alheias. Isso é universal para todos os homens gays, mas um soropositivo deveria ter como princípio que ele tem que ser visto em pé de igualdade com o outro, e não um abençoado por encontrar alguém que o aceita apesar de sua sorologia.



Não importa o quão maravilhoso o encontro desse sábado promete ser, você deveria sair já com a premissa de que se ele não acha que você é tudo, então não há porque você dar a ele seu coração, ou sequer sua bunda – muito menos levá-lo para conhecer sua mãe. O que você resolver fazer por essa noite não é da conta de mais ninguém, só sua; apenas não se preocupe se ele vai ligar ou não depois. São só mais sete dias até o próximo final de semana.

Ser soropositivo não é mais algo tão digno de nota na comunidade gay. Substitua sua sorologia por qualquer outra característica ou peculiaridade que desperte insegurança numa pessoa, e o terreno fica igual para todos. Se você leva a sério sua busca do seu “mais um” permanente, abandone o desespero e cultive sua confiança. Pode parecer que isso é algo mais fácil de se dizer que de se fazer, mas é tudo uma questão de se lembrar que sua mercadoria vale cada centavo do preço da etiqueta, e você não tem que dar descontos para ninguém.

Nota do tradutor: Nem o autor nem nós achamos que você tem que revelar seu status para qualquer ficante/trepada/grupo com que você se envolver. Praticando sexo seguro, você pode compartilhar essa informação quando sentir a necessidade. A intenção do texto é apontar que não há como tentar construir um relacionamento sério sem tratar dessa questão cedo. Por questões culturais, os gringos tendem a fazer uma distinção muito maior entre encontros com “pretensão de futuro” (dates) e encontros de putaria/ficadas (hook ups), algo que não existe tão rigidamente na cultura brasileira. O texto original é todo sobre “dates”.

Harry Louis posta foto ao lado do ex-namorado, o estilista Marc Jacobs

Harry e Jacobs sendo só amor e amizade na imagem

Harry Louis e Marc Jacobs mais uma vez dando uma lição pra muita gay que eu conheço.
Não é porque acabou o namoro que os dois vão ficar com quilos de mágoas.
Veja só essa foto que ele postou no instagram ontem, 21, ao lado do ex-namorado o estilista Marc Jacobs.

Isso mesmo bilús, os dois terminaram mas a amizade permaneceu firme e forte, tanto que Harry foi jantar na casa de Jacobs e ainda levou o atual namorado, Diego Cavalcante, pra conhecer o ex.

"Difícil colocar em palavras o que sinto por essa pessoa incrível! Amo você pra sempre, bebê", escreveu ele na foto em que aparece abraçando o ex. Em outra imagem, Harry está na mesa de jantar entre Marc e Diego: "Obrigado MJ pode ser (como sempre) um grande anfitrião!", postou Harry junto com a imagem.

Claro que a gente ficou pensando aqui como foi cruel para o atual ter que conhecer o ex do outro, ainda mais pelo fato desse "ex" ser o Marc Jacobs, dono dessa casa belíssima, cheio da grana, poder e glamour.

Agora deixando esse fuá de lado: cês já leram o post do Harry confirmando que ele e o atual love curtem um sexo a três? Não?! Pois clica aqui beschan!

Harry sendo fofo + biscoito + vou devorar isso + dando comida na boca do ex. 

Harry abraçado com ex na mesa, cheio de sorrisos, com os amigos e alguem lá no fundo... ah, é o Diego, namorado atual dele.




Divulgado trailer do filme sobre matemático gay Alan Turing



Que a história da humanidade está repleta de grandes nomes e que boa parte deles eram gays isso eu tenho certeza, até postei aqui uma lista dos "6 gays que marcaram a história", e justamente um deles irá ganhar um filme que estreia novembro no Festival de Cinema de Londres.

O matemático Alan Turing foi um dos grandes nomes da ciência moderna e da computação, durante a segunda guerra mundial ele ajudou aliados a decifrarem os códigos dos nazistas. O filme “The Imitation Game” conta sobre a vida de Alan e sobre esse trabalho, ao qual ele deu o nome de "Colossus".

O longa deve abordar tambem a homossexualidade do matemático, que foi inclusive condenado por ser gay e como pena teve que tomar hormônios femininos, o que algum tempo depois teria agravado sua saúde e provocado sua morte.

Nas telas o papel principal ficou com o ator Benedict Cumberbatch, e a direção é de Morten Tyldum. O filme ainda não tem previsão de estreia no Brasil mas pelo trailer dá pra perceber que não se trata apenas de mais um filme sobre um homem gay, mas sobre um homem que mudou a história do mundo.

Joe Manganiello sendo sexy na capa e recheio da revista People


Em terra de lobos e vampiros, as bichas fãns do "Crepúsculo" que me perdoem, mas se tiver que ser comido por um lobo que seja pelo Alcides de "True Blood", aliás, pelo delícia do Joe Manganiello que é quem interpreta o lobisomen na série.

Além de lindo, gostoso, másculo, barbudo e mais alguma outra coisa que eu não consegui escrever agora porque estou a outra mão ocupada, Joe foi eleito o solteiro mais sexy de 20014. Isso mesmo raparigóticas, o boy tá solteiro [assim como boa parte de vocês, eu imagino].

Bem, chega e fuá, vamo logo limpar a vista e e colocando o dedinho em seu devido porque é hora da "curiríca".






Preservativo promete matar os vírus do HIV, herpes e HPV


Olha que notícia animadora! A empresa australiana de biotecnologia Starpharma desenvolveu um preservativo que se mostrou eficaz na desativação de 99,9% dos vírus de HIV, herpes e HPV. E o melhor: o produto pode estar disponível para compra nos próximos meses.

Os preservativos são lubrificados com VivaGel, um medicamento que contém 0,5% de astodrimer de sódio – projetada especificamente como um composto contra o HIV.

Depois de avaliado em um conjunto de requisitos de segurança e desempenho, o produto recebeu um recibo de Conformidade de Certificação de Avaliação do Australian Therapeutic Goods Administration, um certificado semelhante ao fornecido pelo Ministério da Saúde, possibilitando a produção em massa. Isso significa que o preservativo deve estar disponível para compra em breve.

Peter Carroll, presidente da Ansell, marca de preservativos líder de mercado na Austrália e parceira da Stapharma, disse que os consumidores podem se animar. “O produto mais inovador de saúde sexual será colocado nas prateleiras em breve”, afirma.

Via: Phenno

Tá certo que é bacana esse preservativo que pode matar o vírus do HIV, herpes, HVP e tudo mais, mas vem cá, se eu estou usando camisinha, já não estou protegido contra isso?

Cuidados com o pênis: Balanite, já ouviu falar dessa doença?


Balanite é a inflamação da mucosa que reveste a glande (cabeça do pênis) associada ou não a uma infecção, que ocorre especialmente em homens portadores de fimose. Quando essa inflamação afeta simultaneamente a glande e a face interna do prepúcio (pele que recobre a glande), a enfermidade recebe o nome de balanopostite.

Nos dois casos, a doença está principalmente relacionada com o estreitamento do prepúcio, o que pode impossibilitar a limpeza adequada da glande e favorecer a manifestação de infecções locais e urinárias que acabam agravando o quadro.

São considerados fatores de risco para a doença o diabetes tipo 2 em virtude da maior concentração de açúcar na urina, a obesidade, a baixa de imunidade e o uso de antibióticos de amplo espectro.

A ausência de hábitos regulares de higiene dos genitais costuma ser a causa mais frequente das duas doenças. A falta de asseio favorece a formação de esmegma, uma secreção branca composta pela descamação de células mortas da pele, óleos e gorduras produzidas pelas glândulas do pênis e infectada por micro-organismos (fungos, vírus e bactérias), que se acumulam sob o prepúcio.

A inflamação característica da balanite e da balanopostite pode ser causada também pelo contato com substâncias irritantes presentes nos produtos de higiene (sabonetes, cremes) e farmacêuticos (pomadas, espermicidas, medicamentos) ou pelo contato direto com alguns tipos de tecido, que provocam irritação e alergias.

Da mesma forma, candidíase e doenças sexualmente transmissíveis, como gonorreia, herpes simples, sífilis primária e secundária são condições associadas ao aparecimento dessas enfermidades.
Há casos, porém, em que não se consegue determinar o que causou a inflamação.

Sintomas

Os principais sintomas são dor, irritação, calor local, coceira, descamação da mucosa e, conforme o caso, secreção purulenta e cheiro desagradável debaixo do prepúcio.

A glande fica avermelhada e podem surgir pequenas lesões ulcerativas em sua superfície, além de edema (inchaço) que agrava o estreitamento do canal urinário. Outro sinal da doença é o intumescimento dos gânglios inguinais.

Diagnóstico

O diagnóstico leva em conta os sintomas e a aparência das lesões. Entretanto pode ser necessário recorrer a exames laboratoriais a fim de determinar o agente causador da infecção para direcionar o tratamento. A biopsia é um exame importante nos casos em que há suspeita de uma complicação maligna.

Prevenção

A higiene cuidadosa da glande e de toda a área genital é medida indispensável na prevenção tanto da balanite quanto da balanopostite. Retrair o prepúcio antes de urinar e enxugá-lo depois com papel higiênico, assim como lavar as mãos antes e depois de urinar são hábitos que devem ser adotados no dia a dia como forma de evitar a infecção.

A cirurgia de fimose para a retirada do prepúcio, quando indicada, parece ser um método eficaz para proteger contra as duas doenças.

Tratamento

O tratamento indicado para balanite/balanopostite é diretamente determinado pela identificação do agente causador das doenças.

A cirurgia de fimose é solução, quando o estreitamento do prepúcio impede a exposição da glande e, consequentemente, a higiene adequada do local, o que facilita a ocorrência de complicações.

Nos quadros infecciosos, só depois de identificar o germe que causou a infecção é que se consegue definir a medicação eficaz (antibióticos, antifúngicos ou antimicóticos) para combatê-lo. Em tais situações, a indicação deve estender-se ao/à parceiro/a para evitar a reinfecção.

Se o problema estiver associado ao contato com substâncias irritantes, é preciso identificá-las e suspender seu uso. Em alguns desses casos, pode ser necessário prescrever medicação antialérgica.

Recomendações

* Aproveite a hora do banho para caprichar na higiene de pênis. Retraia todo o prepúcio para poder lavar completamente a glande e retirar todos os sinais de esmegma. A falta de asseio nessa região pode ser responsável pelo desenvolvimento do câncer de pênis;

* Não deixe se usar preservativo nas relações sexuais;

* Lave cuidadosamente o pênis depois do ato sexual;

* Previna as reações alérgicas, evitando roupas íntimas fabricadas com tecido sintético;

* Não use roupas íntimas muito justas nem permaneça com sungas molhadas durante muito tempo;

* Procure um urologista sem demora se a pele do prepúcio, uma vez retraída, não retornar à posição natural de repouso depois do ato sexual.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...